Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

terça-feira, maio 31, 2005

Mais uma corrida mais uma viagem

N'o Jaquinzinhos

Imaginem um Francisco. Este Francisco é um quadro técnico de máxima qualidade, especialista no que quer que seja. Um daqueles tipos que são muito valiosos por serem muito espertos e/ou muito inteligentes e/ou muito trabalhadores e/ou muito dedicados e/ou muito sensatos e/ou absolutamente geniais e/ou muito do que quer que seja.O Francisco não tem empresas, não recebe dividendos, não herdou, não tem aplicações financeiras de milhões, não é proprietário de imóveis, não acede a 'private banking', não tem contas nas Ilhas Caimão, não tem pais ricos e nunca foi a Gibraltar. O Francisco entrega a sua declaração de IRS em Março. Não tem nenhum rendimento para lá do seu ordenado.No recibo de vencimento do Francisco pode ler-se o montante de 4.300 Euros mensais brutos a que acresce subsídio de refeição. (Nota: 4.300*14=60.200).O Francisco é invejado por muitas empresas. Andam por aí umas multinacionais que não se importavam nada de o ir buscar e as head-hunters fazem-lhe propostas sedutoras. Pagam-lhe mais, se ele quiser ir para Espanha ou para os States.O Dr. Ambrósio, patrão do Francisco, não o quer perder. Faz contas e decide premiar o esforço e a dedicação do seu melhor técnico. O Dr. Ambrósio decide reforçar o orçamento na parte que diz respeito aos custos do Francisco em mais 10.000 euros por ano.O Francisco fica muito feliz. A empresa vai gastar mais 10.000 euros por ano com ele. Parece muito bom. Mas depois faz contas.1. 10.000 euros a dividir por 14 meses: 714 euros/mês.2. Taxa Social Única suportada pela empresa: 136 euros/mês.3. Taxa Social Única suportada pela empresa mas atribuída ao Francisco: 64 euros/mês.4. IRS marginal (escalão dos 42%): 234 euros/mês.5. Imposto de Selo: 3 eurosSobram ao Francisco 269 euros/mês, que lhe permitirão adquirir 226 euros de produtos com IVA a 19%, se excluir álcool, tabaco, combustíveis ou automóveis.Feitas as contas, para o Dr.Ambrósio agarrar o Francisco, por cada 31,5 euros que lhe der a mais, tem que alimentar o monstro com 68,5 euros. É mais do dobro. Dos 10.000 euros, nem sequer 1/3 são para premiar o Francisco. Há quem ache isto muito, muito bem.Mas não é. É apenas a institucionalização do absurdo.Conclusão da história: O Chico vai trabalhar para Espanha. A nova empresa para que o Chico trabalha abre uma delegação em Portugal e conquista metade da quota de mercado da empresa do Dr. Ambrósio que é obrigado a despedir 50 trabalhadores. Para protestar contra os despedimentos, o sindicato organiza greves e estoira de vez com a empresa. O Dr. Ambrósio, cansado, vende as acções a uma multinacional coreana e protege os dinheiros recebidos numa offshore bem longe de Portugal. Os coreanos encerram a produção em Portugal e passam a importar todos os produtos da Coreia e da China. Para fazer face às crescentes necessidades das políticas sociais e ao aumento de desemprego, o governo aumenta o IVA para 23% e cria um novo escalão marginal de IRS de 48%. Mais uma corrida, mais uma viagem.

Porque e que eu nao consigo postar?

Olha, afinal consigo!

As razoes de quem votou nao

7% porque sao comunistas
18% porque sao apoiantes do Le Pen
19% porque nao sabem do que trata a constituicao
20% porque nao querem que os sacanas dos turcos entrem na UE
35% estao fartos da classe politica e dos partidos de governo franceses e, sem nenhuma alternativa credivel nao os podem punir em eleicoes, resolveram puni-los no referendo
0.6% outros motivos
0.4% nao gostam desta constituicao e pensam (talvez bem) estar a ajudar a Europa com esse voto nao

*sondagem realizada por mim entre os meus 6 colegas de trabalho franceses

Unidos, venceram!

Comunistas, Le Pens e JPPs franceses

Dez dias depois...

...o benfica ganhou o campeonato e perdeu a taca, foram calculados valores exurbitantes para o deficit*, Antonio Guterres foi eleito alto comissario para os refugiados*, a Franca disse nao ao TCE... Nada de inesperado portanto...

* vem-me a cabeca inumeras ligacoes ironicas entre estas duas noticias mas ja chego tarde para as escrever.

sexta-feira, maio 20, 2005

A todos os meus leitores

Queria agradecer a ambos o facto de se irem interessando por este blog. Nos proximos 10 dias estarei aqui



e, consequentemente, nao poderei postar. Ate breve!

E a conversa acabou assim...

(...)
- Pois, punhas uma regua na lingua e faziamos isso.
- Parvo!

Velho e impotente

Afinal aquele senhor do restelo que diziam velho continua a fazer escola. Aqui e aqui alguns dos seguidores mais dedicados.

quinta-feira, maio 19, 2005

Vai ser um jogo renhido

N'O Jogo
"Levo quatro meses aqui a lutar no duro com os meus companheiros, mas a verdade é que o objectivo da Académica está alcançado, gostava de ser campeão nacional e isso passa pelo FC Porto ganhar à Académica"

Hugo Leal, jogador da académica

Tudo o resto passa

Eis a verdadeira razao por que ontem foi um dia de tristeza para o mundo do futebol...


Eu vi!!

O Ricardo foi tocado nos 3 golos.

quarta-feira, maio 18, 2005

Ganhou a aposta

Aparentemente vem do nada mas nao e bem assim... Tropecei nesta noticia de Julho de 2004:

"O presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, desafiou o seu homólogo do CDS-PP, Paulo Portas, a aceitar uma aposta em como, apesar de ser mais novo, o seu ciclo político chegará mais depressa ao fim do que o do líder madeirense.
Respondendo às declarações de Portas, que afirmara, no jantar dos 30 anos do CDS-PP, realizado na Madeira, que chegou a altura de acabar com o ciclo de Alberto João Jardim à frente dos destinos da ilha, o líder do Executivo madeirense deixou o repto:
«Eu sou capaz de fazer uma aposta com o doutor Paulo Portas: em como, apesar de ser mais novo do que eu, o ciclo dele chega mais depressa ao fim do que o meu», afirmou João Jardim, acrescentando que as criticas proferidas por Paulo Portas até o divertem.
19-07-2004 9:51:31 "


Parece que ganhou...

A promessa

depois de Dias da Cunha ter ido a Sevilha vestido a rigor com um cachecol do FCPorto, Pinto da Costa disse na altura que gostaria de ver o Sporting numa final europeia e nem se importaria de vestir um cachecol do verde ebranco nessa hipotetica final. Vamos a ver esta noite se pela boca morre o peixe...

Confuso

Dizem que a uma mulher bonita se deve chamar inteligente e, a uma mulher inteligente, bonita. E se ela for ambas?

A mais bonita das recentes bloggers

Continuando o meu dia dedicado a Joana Amaral dias

Porque e que tinhas de ser do Bloco?

Adenda

Alguns dias depois de ter criticado os blogs Joana Amaral Dias torna-se blogger. Fica assim desactualizado este meu post. A ela, a Maria Joao Regala e ao Jose Medeiros Ferreira dou as boas vindas a blogosfera. Sera uma das minhas paragens nos proximos tempos. Aguardo que em breve divulguem os seus financiadores, codigo de etica e que nunca se esquecam das fontes de todas as informacoes. Sejam Bem-vindos.

Eto'o

Eto'o teve uma atitude deploravel aquando da vitoria do Barcelona no campeonato. Durante os festejos pegou no microfone e gritou seis vezes "Madrid, cabron, saluda el campeon!". Frase de se lamentar para um clube com aquele historial, daquela dimensao, que representa as almas de milhoes de espanhois que...que... que resolveu que o futebol e vender camisolas, que esta a obrigar o figo a sair pela porta pequena, cuja claque de extrema direita, apoiada pelo clube, tinha expulso o proprio Eto'o da equipa ha uns tempos atras chamando-o de macaco, que...
Madrid, cabron, saluda el campeon! Madrid, cabron, saluda el campeon! Madrid, cabron, saluda el campeon!

terça-feira, maio 17, 2005

Kylie Minoque

Espero que nao se facam piadas a custa desta noticia.


Que melhores depressa...

segunda-feira, maio 16, 2005

Biografia de Stalin

Ao cuidado dos senhores citados 2 posts abaixo:

Iosif Vissarionovitch Estaline (1879-1953) é considerado, pela esmagadora maioria dos historiadores isentos, um ditador sanguinário - réplica vermelha de Adolf Hitler. Assim que ascendeu ao poder em Moscovo após a morte de Lenine, em 1924, fez sair de cena os principais rivais políticos, ordenando a eliminação física de alguns (incluindo Trotsky, assassinado no exílio em 1940).O seu mandato como líder supremo da União Soviética, que se prolongou por três décadas, ficou assinalado por um rasto de terror a que não escapou a hierarquia política e militar do regime durante a "grande purga" de 1936/39, o ditador moscovita ordenou a execução de dezenas de membros do Comité Central do Partido Comunista da União Soviética (PCUS) e de generais que se haviam distinguido no combate a Franco, nas fileiras republicanas, durante a guerra civil espanhola. Fontes independentes avaliam em 20 milhões de mortos o número de vítimas dos "anos de chumbo" do estalinismo, marcado por execuções sumárias de opositores, torturas nos cárceres da política política, deportações para os sinistros gulags ("campos de reabilitação" situados nas neves da Sibéria, onde um número incontável de cidadãos soviéticos pereceu) e vagas de fome nas regiões agrícolas, submetidas à colectivização forçada. Em 1956, o próprio sucessor de Estaline, Nikita Krutchov, denunciou a "intolerância, a brutalidade e os abusos de poder" do ditador.

Desculpem qualquer coisinha

Filho da Puta* e Filhos da puta**.

*Sem comentarios, simplesmente filho da puta.
**O que diriam eles se alguem reabilitasse a imagem de Hitler?

So mesmo...

...um Benfica-Sporting para me fazer estar no escritorio num sabado a noite. A RTPi nao e para todos e o jogo teve de ser acompanhado pela radio online. Meia hora antes do jogo as noticias eram boas: o Vitoria tinha ganho ao boavista que assim se via arredado da luta pela UEFA o que representaria menos um incentivo para a ultima jornada. Seja como for, e a bem do futebol, nao lhes vao faltar incentivos. O jogo comeca. Cinco minutos de atraso em Portugal, seis e meio em Deli. O escritorio esta completamente vazio. A bola rola na radio como nos velhos tempos em que so podia ser transmitido um jogo por semana na TV. Agora sem Jorge Perestrelo. Veio o intervalo, 0-0, o benfica joga a italiana (a mourinho?) e o sporting ja pensa em russo. Vem a segunda parte, o jogo continua a enrolar com umas oportunidades de vez em quando para fazer bater forte o coracao. O sporting vai conseguir este campeonato, que grande epoca que vao fazer, campeonato e taca UEFA. O que dirao agora aqueles que tanto criticaram o Peseiro? Mas nao, o golo surge de forma inacreditavel pelo que ouvi. Golo duvidoso dizem na radio, que chatice, ninguem vai calar os jaquinzinhos por esse pais fora. Para meu alivio nao, foi legal, sem contestacoes. O mesmo estadio que contemplara Ricardo antes no jogo contra a Inglaterra, contempla-o agora da mesma forma efusiva mas pelos motivos opostos. Pode nao ter dado o titulo ao benfica mas tirou-o ao seu clube de certeza. Esperemos que compense o SCP quarta-feira com o bonus de nos recompensar a todos. O jogo termina com declaracoes de fair-play. As frustracoes de 11 anos comecam a fugir, so falta um ponto. O futebol e isto mesmo, algo irracional. Qualquer um que racionalizasse o futebol deixaria de acreditar tal como as religioes. Mas o futebol nao deixa. E o futebol que faz com que comentadores inteligentes deixem de o ser quando falam dele.
O futebol e uma paixao que ao contrario da outra sabe melhor quando e partilhada por muitos. Sabado a noite em Lisboa, domingo de madrugada em deli, senti a paixao sozinho. A alegria extravasada dos 6 milhoes (ou 5, ou 4 nao importa) em Portugal remoia-me por dentro. Onde estarao os outros 699 benfiquistas que o estudo disse existirem na India? A caminho de casa ouvia gritos nas ruas. Serao eles? Nao eram, ams naquele momento resolvi pensar que eram, que partilhavam aquele momento comigo.
No proximo domingo, seja ele de alegria ou frustracao vou estar entre os nossos, em Goa, e la sei, sao bem mais de 699...

sexta-feira, maio 13, 2005

Acertou uma II

De facto esta e uma semana de acertos inesperados. Desta vez foi um dos postadores do blogue de esquerda a comentar o caso dos sobreiros (ler so os dois primeiros paragrafos). Em bom rigor nao acertou uma, acertou so meia, mas ao BE da-se sempre um desconto...

Afinal e verdade

Durante a minha curta carreira de arbitro de futebol sempre ouvi falar de ciladas, de arbitros que eram fotografados ou filmados com mulheres para posteriormente serem chantageados tendo em vista o favorecimento deste ou aquele clube. Sempre que alguem contava uma historia dessas a vitima tinha sido um amigo ou um amigo de um amigo. Como as vitimas nunca apareciam, pensei sempre que nao passasse de um mito no circulo da arbitragem. Jacinto Paixao provou, em entrevista a TVI, que eu estava errado.

Socialista, mas pouco.

Le-se no DN de hoje:


" Diogo Freitas do Amaral é o ministro mais rico do Governo de José Sócrates. De acordo com as declarações de património apresentadas no Tribunal Constitucional, que o DN consultou, o primeiro- -ministro, pelo contrário, foi dos ministros que entregou uma declaração de IRS mais modesta, apesar de ser dono de um apartamento num dos edifícios mais luxuosos de Lisboa e ter, na garagem, um carro vintage - Mercedes 230 SL(...) No Governo que tomou posse há dois meses, não há muitos ministros que se possam, com propriedade, considerar ricos. Freitas é-o seguramente, não só pelo rendimento declarado (quase todo proveniente do seu trabalho como profissional liberal - os seus pareceres como jurista são dos mais requisitados do País), como pelo generoso património que apresenta, no qual se destaca uma carteira de participações financeiras gerida pelo BES, cuja composição o ministro não detalhou, apesar das regras do Tribunal Constitucional exigirem a identificação da "espécie, tipo, quantidade e valor nominal" de cada aplicação financeira. No património de Freitas notam-se ainda os bens imobiliários, que incluem uma vivenda na Quinta da Marinha, um monte no Alentejo e a co-propriedade duma quinta em Guimarães, constituída por casa, dependência e terrenos agrícolas e florestais com mais de 253 metros quadrados."
Mais a frente le-se: "Todos os ministros têm casa sua e só cinco não a estão a pagar ao banco Freitas, Mariano Gago, Jaime Silva, Alberto Costa e Mário Lino". Azar ja nao haver beneficios fiscais...
Para terminar... "Mário Lino, com onze apartamentos, uma moradia e uma loja(...)". Agora entendo porque foi para ministro das obras publicas. La empreiteiros deve conhecer muitos...

Continuamos sem financiador

'
'
'
'
'
'
'
-----------------------Anuncie aqui-----------------------
'
'
'
'
'
'
'
'

quinta-feira, maio 12, 2005

Tambem tera fumado uns charros?

Bebe portugues preso na Russia. Mais um teste a diplomacia portuguesa.

Acertou uma

Desta vez, tens razao.

Ja so faltam 3 dias

Segundo um estudo da Universidade Nova citado no JN de hoje "Os portugueses tem de trabalhar 135 dias este ano para pagar as suas obrigacoes fiscais". O DLI (dia da libertacao fiscal) "no caso de Portugal ocorrera a 15 de Maio".
Isto leva-me a tres conclusoes:
1- Caso o Benfica perca dia 14 a noite, os portugueses terao um consolo no dia seguinte. Sera o dia da libertacao fiscal.
2- Nestes 135 dias so trabalhamos de facto perto de oitenta. Ou seja,
2.1-Os fins de semana e feriados contribuem para a evasao fiscal.
2.2-Os profissionais liberais so devem declarar os rendimentos dos 45 dias restantes.
2.3-Se aqueles 135 dias forem realmente dias uteis de trabalho, uma larga parte dos portugueses so trabalha o suficiente para pagar impostos. Voltamos a era feudal...
3- Ainda bem que nao estou em Portugal.

Depois do golo...

...bola ao centro.

Tenho pena

de ainda nao ter sido desafiado a responder ao questionario da moda.

quarta-feira, maio 11, 2005

Intervalos na justica

No DN de hoje vem noticiado que o homem que violou (pelo menos) tres estudantes em Lisboa afinal ja estava preso «a cumprir uma pena de oito anos de prisao por crimes de coaccao sexual, sequestro e roubo». O violador cometeu os 3 crimes em tres saidas precarias.
Uma vez que este ja esta preso e a culpa nao pode morrer solteira, quem ira ser considerado culpado?
Se eu fosse familiar de alguma das vitimas, via-me no direito de esmurrar quem lhe garantiu as precarias. Mesmo nao sendo, apetece-me tanto...

Necessidade de protagonismo III

Um blogger rasca envia um mail para alguns dos melhores bloggers chamando a atencao para uma das suas postas na esperanca de ter alguma publicidade.

Necessidade de protagonismo II

Pedro Proenca da entrevistas antes e depois dos jogos mas nao consegue resistir a pressao durante.

Necessidade de protagonismo I

Ricardo Sa Fernandes interpoe outra providencia cautelar.

Chegou a altura de fazer contas

.

terça-feira, maio 10, 2005

Lembrei-me agora

que quem nao tiver suporte de lingua hindi instalado nao percebe o post de ontem que resumia o meu dia. Nao admira as questoes levantadas em relacao a minha sanidade mental. Ai esta, Deus escreve direito por linhas tortas...

Desiste ja Anibal

Quando todos pensavam que a eleicao estava decidida, eis que o PS surje com um trunfo.
A noticia no DN termina com uma inconfidencia de um alto dirigente socialista:
"As presidenciais deixaram definitivamente de ser uma aposta de Sócrates, o que para alguns socialistas explica a aceitação do nome de Alegre. E há na direcção do PS quem tema pela performance do deputado. "Se for ele o candidato, levamos um banho desgraçado", admite um alto dirigente partidário".
Segundo as minhas fontes a expressao utilizada nao foi exactamente desgracado...

Gene Canhoto

Joana Amaral Dias tem espaco no DN. Nao tem blog. Talvez porque um bom blog exija que haja muitas boas ideias, opinioes inteligentes e habilidade para as expor. Apesar de nao ter blog sabe de que e que eles precisam: codigos de etica e que revelem a autoria, as fontes e os financiamentos*. Crie-se uma seccao na AACS para que se controle os blogs, que cada post seja verificado antes de ser publicado, que se suspenda um blog se violar as regras. Que se mate o blog, pois entao. Joana Amaral tem dias com espaco no DN. Nao tem blog. Talvez porque um bom blog exija que haja muitas e boas ideias, opinioes inteligentes e habilidade para as expor.

*existem blogs financiados? Lanco o apelo aos m e l h o r e s para que divulguem os seus financiadores e, ja agora, se algum deles esta disposto a financiar uma sucursal no tautau.

segunda-feira, maio 09, 2005

Tenda multi-usos

A prova que, por vezes, os extremos se tocam esta aqui.

Resumo do meu primeiro dia da semana

Com a devida venia ao gato,

*बिहार-
**विधानसभा-
बिहार-
विधानसभा-
बिहार-
विधानसभा-
बिहार-
***बीबीसी हिंदी-
बिहार-
विधानसभा-
बिहार-
विधानसभा-
बिहार-
विधानसभा-
बिहार-
बीबीसी हिंदी-
बिहार-
विधानसभा-
बिहार-
विधानसभा-
बिहार-
विधानसभा-
बिहार-
बीबीसी हिंदी-
बिहार-

* O papel.
**Qual papel?
***Ahhhh! Qual papel?

Segunda-Feira

It's just another manic Monday (oh-woe)
I wish it was Sunday (oh-woe)
Cause that's my Funday (oh-woe)
My I don't have to runday (oh)
It's just another manic Monday.

sexta-feira, maio 06, 2005

Duas personagens

Existe uma terra distante onde nao se houve falar muito de futebol. O cricket e rei. Os jogos com o vizinho Paquistao dominam as conversas de cafe. Ninguem fala nas bolas que entram ou nao, em penalties nao marcados ou em treinadores que entram nos balnearios dos arbitros. Fala-se nas bolas que batem nas canelas dos batedores (bola na canela ou canela na bola?) e no lancador que pisou a linha sem o poder fazer. Nesta terra distante em que nao sabem empurrar a bola com os pes tambem existe um contra-informacao. Nesse contra informacao marcam presenca dois bonecos portugueses: um de seu nome Vasco que morreu ha 500 anos e um Jose que nao e o Barroso...

Procura-se...

...um velho cartaz do Bloco de Esquerda com as imagens de Jose Barroso, Bush e Blair. Grande, vermelho e com a seguinte inscricao: "Eles mentem, eles perdem".

Finalmente um homem decente

Rui Alves, o honrado presidente do Nacional da Madeira, a proposito da sua implicacao no Apito Dourado:
"(...)eu só arranjo mulheres para mim, não arranjo para os outros."

Finalmente, alguem digno em Portugal. Pena que o conclave ja foi.

quinta-feira, maio 05, 2005

Trapalhadas

N'O Insurgente:

"Na passada terça-feira veio o Ministro da Saúde anunciar que, entre outros, não iria ser construído o Hospital Central do Algarve por não existirem estudos que comprovem a necessidade da sua construção.Ontem o Primeiro-Ministro afirmou que a promessa do PS de construir o referido hospital algarvio era para cumprir mas que "o anterior Governo não fez os estudos preparatórios que eram indispensáveis".Não sei o que pense:
- Ou o Governo vai ainda realizar os ditos estudos preparatórios, à revelia de Correia de Campos, dificilmente concluindo a construção do hospital antes do termo da legislatura;
- Ou o Governo vai iniciar a construção do hospital, à revelia de Correia de Campos, sem os estudos preparatórios e portanto sem a certeza da sua real necessidade ou "viabilidade";
- Ou o Governo não vai construir o hospital, contrariando a promessa eleitoral e o desejo aparente de Sócrates;
- Ou (e?) estes senhores não sabem bem o que andam a fazer!Se isto se passasse, há uns meses, entre Santana Lopes e Luís Filipe Pereira caía o Carmo e a Trindade..."

Ora, nem mais...

A História É um Desporto de Combate

Escreve-se com Mao Invisivel:

"Na China, milhares de pessoas manifestam-se contra um manual escolar nipónico que descreve as atrocidades cometidas pelo Japão sobre os países vizinhos durante a II Guerra Mundial como “incidentes”.

A Turquia recusa-se a reconhecer o massacre dos arménios no princípio do século XX como um “genocídio”, apesar da pressão europeia, mas comemora pela primeira vez com as potências ocidentais a batalha de Galipoli.

Em Israel, quer-se proibir a exibição do filme “A Queda” por humanizar a figura de Hitler e protesta-se contra o abandono dos colonatos de Gaza em nome de direitos bíblicos.

Segundo uma sondagem recente, quatro em cada cinco alemães consideram o fim do III Reich como uma libertação e um em cada dez como uma derrota.

Na Rússia, Putin declara que a queda da União Soviética foi “a maior catástrofe geopolítica do século XX”.Na primeira audiência geral, o Papa Bento XVI apela às “irrenunciáveis raízes cristãs da Europa”.

Na Assembleia Nacional francesa, Jorge Sampaio recorda que, também em Portugal, a sua geração preferiu “enganar-se com Sartre a ter razão com Aron”.

No aniversário do 25 de Abril, Arnaldo de Matos garante que “com a reforma agrária e o controlo operário, o país não tinha ido ao fundo”.

No Barnabé festejam o 25 de Abril e no Acidental o 25 de Novembro.

Uma aluna diz-me que Inês de Castro era mulher de Afonso Henriques."

Porque a historia e sempre escrita pelos que vencem...

O dia de hoje

A data de hoje faz-me lembrar a minha pauta de notas de outros tempos.

Aborto II

A proposito do teu comentario ao post anterior gostava de acrescentar algumas coisas. Ja todos sabemos de cor os argumentos pro e contra a despenalizacao do aborto. Mais pertinentes ou mais ridiculos ja e esgotante falar deles.
Tal como tu, eu tambem tenho pessoas queridas que abortaram. Porem tambem tenho pessoas queridas, como provavelmente tambem deves ter, que nasceram apos alguma(s) tentativa(s) de aborto falhada(s). Hoje nenhuma daquelas maes sente pena de ter falhado o aborto, muito pelo contrario, e nenhuma daquelas pessoas sente pena de ter nascido. Como num jogo de xadrez nunca devemos jogar tendo em conta apenas o proximo lance mas aquilo que vai acontecer dois ou tres lances depois. Nao conheco ninguem que, tendo falhado um aborto, sinta pena disso alguns anos depois. Antes pelo contrario, existem pessoas que realizaram abortos e que carregam a magoa ate hoje. Tambem por isso, a criminalizacao, de algo que so por si deve ser doloroso, me parece injusta e cruel. Nao e uma questao, quanto a mim, em que alguem possa ser extremista. Eu tenho duvidas, confesso, e olha que raramente as tenho em relacao a qualquer coisa.

P.S.: ja agora, as melhoras.

quarta-feira, maio 04, 2005

Aborto

Assim! Curto e directo como deve ser a noticia duma decisao aparentemente obvia. Uma menina de 13 anos encontrou-se gravida e pediu ao tribunal para abortar. Parece-me que mais do que nunca a decisao e justificada mas esta questao da que pensar. O aborto da-me sempre muito que pensar...
Ponho a hipotese irrealista de a justica americana ser tao lenta como a portuguesa e de haver a possibilidade de a lei do aborto poder ser aplicada de forma retroactiva. Chegamos ao ano 2010, a menina, agora mulher de 18 anos, consegue finalmente a sua autorizacao para realizar o aborto. Radiante, regressa a casa impunhando o mandato judicial e encontra a sua pequena Nathalie (tinha-lhe dado um nome pelo sim pelo nao), agora com 4 anos, a brincar com umas bonecas oferecidas pelas vizinhas: "Nathalie, vamos ao hospital! A mama conseguiu uma autorizacao para te abortar." Enquanto metia o cartao de utente e o mandato judicial na mala, cruzou o seus olhos com os de Nathalie, retirou o cartao de utente e rasgou o mandato. Aquilo que parecia obvio ha 5 anos atras, agora ja nao o era... Aquela aventura incomoda de semi-adolescente era agora Nathalie, a menina com quem compartilhou o espaco nos ultimos 4 anos. Ha 5 anos atras teria pegado no mandato e no cartao de utente e seguido directamente para o hospital, hoje nao...
A questao do aborto irrita-me. Preocupa-me a liberalizacao mas enoja-me a criminalizacao. Sou pelo direito a escolha mas tenho a consciencia que um feto e uma vida (e nao algo semelhante a uma alga ou uma hortalica como ja vi por ai).
Gostava que o referendo fosse em Julho para que a impossibilidade temporaria que tenho de votar me permitisse nao ter de pensar no assunto. Aliviava-me a consciencia nao ir votar por impossibilidade e nao por incerteza. Jorge Sampaio retirou-me esse alivio e agora ja so tenho um ano para me decidir...
Entretanto coisas como estas fazem-me inclinar para o sim...

Outros tempos

-Estou.
-Estou, o Sr. Bell esta?
-Lamento, aqui nao mora nenhum Bell.
-Graham Bell?
-Nao.
-Nao estou a ligar para o 1?
-Nao, daqui e o 3.
-Foi engano, peco desculpa.
-Nao ha problema. Adeus.

MST

Ha dias que comecam mal, ha dias que comecam bem outros simplesmente comecam. O meu comecou hoje com uma leitura da cronica de Miguel Sousa Tavares n'A Bola. Como quase todos os leitores do jornal, a cronica de MST e uma especie de quarta cronica humoristica d'A Bola (a de Leonor Pinhao sera a quinta). Peco desculpa pela vulgaridade deste post mas nao consigo resistir a mostrar algumas passagens:
Diz MST que estavam onze amigos a ver o Benfica-Belenenses e resolveram apostar em quem ia ganhar o campeonato. Dois, incluindo ele, apostaram no Benfica e "os nove assistentes restantes dividiam-se, em partes iguais, na atribuição do favoritismo ao Sporting e ao FC Porto".
MST continua tentando desvalorizar uma possivel vitoria do Sporting na Taca Uefa: "Quinta-feira o Sporting joga na Holanda um jogo que só pode ganhar. Nunca, creio eu, uma equipe portuguesa dispôs de tamanhas condições favoráveis para ganhar uma competição europeia. Nunca a Taça UEFA foi tão acessível como este ano, em que, depois da fase de grupos, não estava presente nenhuma das principais equipas da Espanha, da Itália, da Inglaterra, da Alemanha, da França, da Escócia, da Grécia. Nunca um estreante em jogos europeus, totalmente desconhecido, como o AZ Alkmaar, chegou às meias-finais e, ainda por cima, com meia equipa indisponível."
Finalmente resolve afrontar a concorrencia, "Àqueles supostos humoristas, sem graça alguma, das «Crónicas do Zé Manel», que passam a vida a meter-se comigo (...)" De arrasar! MST 1 - Ze-Manel 0. Proximo alvo, o Batatinha...

terça-feira, maio 03, 2005

Texteis

Nao tive a oportunidade de presenciar o debate no pros-e-contras da RTP sobre o perigo chines que paira sobre o nosso pais e o possivel exercito de quotas e tarifas que deviamos utilizar para nos defendermos. Nao tenho duvidas, porem, que a previsao feita aqui do debate teve uma precisao a mourinho.
Deve ter-se falado de dumping social exibindo como exemplo os paises europeus que no inicio do seu desenvolvimento industrial cumpriam rigorosamente com um horario de trabalho semanal de 40 horas, subsidio de ferias e natal e escolaridade obrigatoria ate aos 16 anos. Deve ter-se falado disso e tambem do exito portugues na criacao de marcas nos ultimos 20 anos. Devem ter falado que o dinamico tecido empresarial textil portugues gracas a criacao de marcas se conseguiu diferenciar no mercado europeu pela qualidade e nao manteve a sua competitividade baseada apenas no baixo custo da mao-de-obra. Deve-se ter falado das clausulas de salvaguarda que os paises europeus criaram aquando da adesao a CEE que impediram que os texteis portugueses invadissem o espaco comunitario.
Suponho que devam ter falado de tudo isto mas, ai esta, eu nao tenho as capacidades de adivinhacao do Jose.

Lobbies

Sampaio decidiu adiar o referendo a despenalizacao do aborto. Ja se fala por ai que tera sido o lobby da associacao das clinicas de Badajoz a influenciar mais esta decisao "incompreensivel" de Sampaio.

Obrigado Isabela

Um blog que julgava invisivel recebe uma visita de luxo para mais presenteado com um comentario. O meu blog e, como a descricao o indica, um nada na blogosfera. Um conjunto de recortes e comentarios avulso de qualidade mediana. O seu e uma referencia, pelo menos para mim. Os seus textos ajudam-me a passar as 10 horas por dia no emprego que veio como attachment a estas ferias no oriente. A qualidade da escrita e deslumbrante. Sem ironias. Obrigado Senhora Blog.

segunda-feira, maio 02, 2005

Interessante

Isto ha cada historia mais interessante. Vale mesmo a pena ler jornais em Portugal.

SLB

O Benfica tem de ser campeao. Porque nao e ha 10 anos. porque somos mais e nao merecemos sofrer tanto, porque devemos um titulo ao feher e ao baiao, porque eu marquei as minhas ferias em goa para o fim de semana em que acaba o campeonato para festejar o titulo com portugueses(699 adeptos do SLB em goa), porque dentro de 3 semanas seremos o unico dos grandes a nao ter conquistado um titulo europeu recentemente, porque somos beneficiados pelos arbitros pelo motivo mais digno, a simpatia, porque sim e porque sim, porque tem de ser. Penalties inventados, vermelhos a toa, golos anulados, tudo tem que valer porque se valeu para os outros nos ultimos 20 anos tambem tem de valer para nos.

Queima das fitas

Triste... a tentativa no Blasfemia (aqui, aqui e aqui) de criticar a queima das fitas. Chegam a utilizar dois estudos dos prestigiados institutos Shanghai Jiao Tong University ou do fabuloso Webometrics. Infelizmente para mim a musica toca alto o suficiente para chegar a matosinhos mas nao o suficiente para se ouvir em Nova Deli. Como eu gostava que houvesse umas colunas com essa potencia mesmo que fosse para ouvir os Cla ou o Abrunhosa.

Bom dia

Bom dia acidental por Rodrigo Moita de Deus:

"No edifício de escritórios onde eu trabalho ninguém se cumprimenta. É a regra. É a etiqueta. Passam uns pelos outros como se fossem almas danando dimensões paralelas. É ridículo. Um edifício de escritórios é o mais parecido que o mundo ocidental tem com o protótipo de comuna. Pessoas que partilham o mesmo espaço, os mesmos elevadores e até as mesmas mesas de refeição. E em vez de gozar o carácter quase científico da coisa as pessoas preferem fingir que estão sozinhas. Porquê? Nas primeiras semanas aqui fazia-me imensa confusão chegar ao elevador e dizer “bom dia” para que todos ficassem a olhar como se tivesse saído de uma serra transmontana. Como se a falta de gentileza fosse característico e apropriado nas sociedades urbanas. Fiquei de tal maneira incomodado que insisti mais duas vezes até que as bestas se sentissem tão incomodadas como eu. Acho que é uma questão de presunção de importância. Os senhores das empresas acham-se muito importantes porque criam riqueza. Os senhores das consultoras acham-se muito importantes porque ensinam a criar riqueza. Os senhores dos escritórios de advogados acham-se muito importantes porque evitam que os outros sejam presos à conta da criação de riqueza. E por aí fora. O que eles não sabem é que o electricista também se acha importante, afinal sem luz nenhum deles trabalhava. O que eles também não sabem é que eu sou o mais importante de todos. A maior parte das pessoas teria ficado embaraçada com tamanha falta de receptividade. Eu fiquei estimulado. Convenci-me que o meu papel neste mundo era devolver um pouco de humanidade a esta gente. Ignorando as reacções, ou a falta delas, continuei a dizer os meus “bons dias” em jeito de missão evangélica.Os protestantes acreditam que a salvação está no trabalho. E nesse sentido o sucesso é uma espécie de reflexo da pureza da nossa alma. Mais trabalho, mais sucesso, mais stress, mais salvação, mais tempo no ginásio, carro maior. Com tantas coisas importantes como a cotação das acções da Somague ou cursos de enologia sobra pouco tempo para as pequenas cortesias da vida, como dizer “bom dia” por exemplo. Resta dizer que sou católico. No outro dia, com o elevador cheio, o único que respondeu ao meu simpático cumprimento foi o estafeta da agência de publicidade. Sorri-lhe e fi-lo sentir-se a pessoa mais importante do cubículo. É pena. A maior parte desta gente, mais cinzenta que os fatos, é muito esforçada. Reconhecendo limitações, precisam de consultores para comprarem obras de arte, cursos para aprenderem a comer com os talheres todos e de editorialistas para saber o que pensar. Ainda assim lhes digo "bom dia", ainda assim acham que não têm de agradecer. "
Da proxima vez que fizerem uma viagem de comboio falem com a pessoa que se sentar ao vosso lado, talvez descubram algo de interessante. Se nao conseguirem dar um passo tao grande comecemos com um Bom-dia e um comentario sobre o tempo...