Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

segunda-feira, junho 13, 2005

Racismo e arrastoes...

Nas praxes academicas e usual fazer-se uma brincadeira com os caloiros: colocam-se dois caloiros desconhecidos frente a frente e pede-se que se esbofeteiem a vez. Eles acatam a ordem e comecam lenta e suavemente a brincadeira. Tudo comeca duma forma inofensiva, as primeiras bofetadas mais parecem caricias. A intensidade do acto vai aumentado a cada bofetada. Invariavelmente apos um minuto, sem que ninguem os force a tal, ja se esbofeteiam forte e feio para delicia dos doutores. Algumas vezes tem de ser forcados a parar a "brincadeira"...
O que e que o post tem a ver com o seu titulo? Provavelmente nada...