Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

domingo, julho 03, 2005

Afinal nao, estava a brincar.




Nos proximos dois meses estarei aqui









com estes




que foram mortos e expulsos do seu pais por estes (e viva a Internacional...).






Como ligacoes decentes e ja agora electricidade nao e coisa que abunde por la, o blog entra em hibernacao a partir de agora. Dar-me-ei a liberdade de soltar uns roncos de vez em quando e, em finais de Agosto, o Tau-Tau voltara ao seu ritmo normal, provavelmente ja com acentos e cedilhas incluidos.