Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

segunda-feira, agosto 29, 2005

Bolsa de droga

"As calculadoras gráficas, obrigatórias no ensino secundário, são também
utilizadas para jogar. Até aqui, nada de surpreendente. A surpresa é que o jogo
preferido dos alunos é uma espécie de bolsa da droga, com indicação do preço dos
estupefacientes e os locais reais de compra em Lisboa. Uma diversão que circula
há mais de sete anos, em absoluto sigilo."

no DN de ontem...