Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

quinta-feira, setembro 08, 2005

A direita vota Cavaco

Caro PPM,
A direita vota Cavaco independentemente do que o CDS ou o PP resolverem fazer. E Cavaco ganha sem precisar deles porque os portugueses já se aperceberam hoje do erro que foi colocá-lo fora há 10 anos atrás. O povo português já se apercebeu que não deveria ter dado atenção ao Independente ou ao Soares. Cavaco precisa da direita mas não do CDS-PP porque o CDS de direita é o partido do taxi, o CDS de direita morreu no dia em que Freitas de Amaral se juntou ao governo do PS. O CDS-PP de hoje é filho dos pinanços do Portas com as peixeiras, filho de um populismo que, em certas alturas, mais parecia de esquerda. Hoje, metade dos eleitores do CDS-PP de hoje poderiam votar num qualquer partido de esquerda.
O CDS, à imagem do bloco de esquerda, é um produto de Marketing que teve como objectivo levar o PP ao poder, conseguiu-o com o PSD mas não tenho dúvidas que o teria feito com o PS se a história tivesse sido outra. Aliás, a vocação do CDS para ter líderes que apenas buscam o poder pelo poder vem desde a sua fundação.
Voltando às presidenciais, a direita vai votar Cavaco mesmo que o CDS-PP não o faça porque o CDS-PP não tem o monopólio da direita. Digo-lhe mais ainda, o CDS-PP faria um favor a Cavaco se apresentasse Portas como candidato. Tenho a certeza que não haveria maior prazer para Cavaco do que trucidar Soares e Portas nas urnas. É o que se chamaria matar dois ratos coelhos de uma cajadada só. Eles que venham, em Janeiro fazemos as contas.