Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

sábado, setembro 17, 2005

Ir longe demais

Já demonstrei aqui, por algumas vezes, o quanto gostava da Biblioteca de Babel e normalmente concordo com tudo o que lá é escrito. Mas, desta vez, acho que foram longe demais na sua crítica ao estado central.

2 boas festas:

Enviar um comentário

<< Home