Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

terça-feira, outubro 04, 2005

A grande família do Futebol

Paulo Costa é um dos árbitros de maior sucesso do futebol português que subiu os patamares de forma invulgarmente rápida. O seu irmão mais novo, Rui Costa, seguiu-lhe as pisadas e é uma das esperanças da arbitragem nacional. O pai de ambos, Francisco Costa, é membro da Associação de Futebol do Porto desde há muitos anos.

Artur Soares Dias, outra das grandes esperanças da arbitragem nacional, é filho do antigo árbitro internacional Soares Dias.

Pelas divisões inferiores são inúmeros os casos de filhos, sobrinhos e afilhados de antigos árbitros e dirigentes associativos com grande sucesso e ascensões meteóricas na carreira. Todos os outros que se esforçam, que trabalham e estudam as leis, ficam a lamentar-se não ter os genes certos. Seria, de facto, um interessante estudo ciêntifico isolar o gene da arbitragem, aquele que, aparentemente, transmite a capacidade de ter sucesso na arbitragem entre gerações da mesma família...