Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

quarta-feira, novembro 30, 2005

Aluno aplicado

Lê-se na biografia de José Maria Martins:
"(...)frequentando depois a Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa. E, de tal forma se aplicou que, passados onze anos já era licenciado e iniciava a carreira de advogado em 1987."

Adenda: Após uma segunda leitura, e alguns insultos na caixa de comentários, reparei que os 11 anos referidos na biografia da pessoa em causa para término da licenciatura se referem ao tempo desde que recomeçou a estudar no 7º ano até ao fim da licenciatura.
Assim, no título do post, onde se lê "Aluno aplicado" deve lêr-se "Aluno aplicado", mas agora sem tom irónico. As minhas desculpas.

Aspectos positivos da intifada em França

Esta menina.

Admirável

A minha capacidade de só discordar dos outros quando eles estão errados.

terça-feira, novembro 29, 2005

Como é que a criançada vai aprender a desenhar o T daqui pra frente?

Implicações ateístas

Não entendo este sururu todo com as relações do estado com a igreja. Qual é o problema com a afixação de cartazes com a tabuada dos 10 nas nossas igrejas?
Nenhum!

Ideias de negócio

Uma máquina de barbear que deixe sempre a sensual barba de 3 dias.

segunda-feira, novembro 28, 2005

É preciso proteger os nossos agricultores dos ataques dos países subdesenvolvidos



O que eles querem é roubar-nos os empregos.

domingo, novembro 27, 2005

A lêr

Uma feminista daquelas que não foi violada aos 7 anos por um familiar, que não foi assediada por todos os patrões que teve, que não teve só namorados que a trocavam pelo Benfica e que não acabou a viver sozinha com depressões periódicas a sonhar que fode.

Aquecimento global?!

sábado, novembro 26, 2005

Previsão

Daqui por 100 anos Portugal não será uma democracia parlamentar.

sexta-feira, novembro 25, 2005

Pergunta do dia

Onde é que estava no 25 de Novembro?

Morreu George Best



Um homem de feitos históricos: reformou-se aos 28 anos, bebia, traía e batia na mulher, mesmo assim conseguiu que ela o sustentasse até ao fim da vida. Um herói dos nossos tempos...

Não brinco mais


Pronto, pronto, fiquem lá com a bicicleta o liberalismo para vocês! Basta de choradeira!

E se brincássemos agora às lutas com os comunistas? Aqueles malvados! 25 de Novembro e tal... Não?! Vá lá!

quinta-feira, novembro 24, 2005

Capitalistas selvagens

por incrível que pareça, os euros a mais que gastou no seu computador para o equipar com o sistema Windows podem ter feito mais por África do que os bilhões que enviamos por ano em “ajuda” directamente para os bolsos de ditadores
africanos.


Ricardo Reis no Diário Económico (via O Insurgente)

quarta-feira, novembro 23, 2005

Má vontade de quem interpreta

"Parabéns Bevacqua! Grande veia goleadora!"

Dotações trocadas (remake)

Que belos filhos teriam Marylin Monroe e Einstein. Claro está, se recebessem as dotações certas: a beleza dela e a inteligência dele. Já se tivessem dotações contrárias...Que belo seria Portugal, dividido simetricamente entre direita e esquerda, se tivesse herdado o liberalismo moral da esquerda e económico da direita. Já o contrário...

Fabuloso post do Tiago Mendes

terça-feira, novembro 22, 2005

Psicologias

O meu psicólogo é tão bom, tão bom que só consegui uma vaga porque um dos pacientes se suicidou.

Ensino

Para alguns só existem professores de português do ensino secundário, com 240 alunos estrategicamente colocados em 4 anos diferentes com testes de 4 páginas semanais para corrigir.


Professores do primeiro ciclo (20% dos professores)

Horário semanal de trabalho: 22 horas
+
Tempo que demora a corrigir testes e afins de alunos com menos de 10 anos * 17 (número médio de alunos de uma turma do primeiro ciclo)
+
Tempo que demora a preparar as aulas (aqueles que o fazem)
=
32 horas (com muito boa vontade)

Com direito a férias do Natal, Páscoa, Carnaval mais dois meses no Verão (3 meses (3!!) de férias)

Professores do segundo e terceiro ciclos (45%)

Horário semanal de trabalho (máximo) 22 horas/ 12 horas a partir de certa idade
+
Tempo que demora a corrigir testes de alunos entre os 10 e 15 anos*88 (número médio de alunos por professor).
+
Tempo de preparação de uma aula (varia, pouco ou nenhum para um professor de Ed.Física ou desenh, muito para um professor de Matemática ou português)
nota: As aulas não variam muito de ano para ano.
= Varia entre um máximo de 25 horas para professores de Ed.Física e 35 para professores de outras disciplinas (relevo mais uma vez a minha extrema boa vontade)

Com direito a metade das férias do Natal e Páscoa dos alunos mais uma grande parte das férias de Verão que serão aproximadamente 2 meses de férias.

A estes há que juntar os 8% representantes dos docentes de ensino pré-escolar com tempos de trabalho semanal iguais ou inferiores, e estão representados 73% dos docentes portugueses, 73% das pessoas que tiveram um fim-de-semana prolongado fizeram greve na passada 6ª feira.
Há pessoas no ensino que trabalham mais de 40 horas por semana e têm motivos para protestarem? Há, professores de certas disciplinas do ensino secundário a quem são atribuidas mais de cinco turmas de mais que dois anos diferentes. A questão que se põe é quantos docentes se encontram nestas condições e qual a sua representatividade no total.

segunda-feira, novembro 21, 2005

O Tau-Tau recomenda

Arrogância Cultural , de Paulo Gorjão no Bloguítica.

Claríssimo

A posição do maradona, aka Fernando Madeira, em relação à homossexualidade:
"Ronaldinho Gaúcho, se me deixasses, lambia-te os tomates."

O subconsciente tem destas coisas

Hoje às duas da manhã, possivelmente depois de obter o mesmo tratamento que a Constança Cunha e Sá antes dos debates, João Miranda desenrolou um chorrilho de disparates e um dos maiores atentados à ideologia liberal que tenho memória de lêr na Blogosfera. O post culmina com uma frase curiosa que, sendo intrigante, pode explicar muito da atitude de certos bloggers nos últimos dias. Escreve João Miranda que:
"PS III - Um homossexual pode ser homofóbico."

Eu diria mais: grande parte dos homofóbicos são homossexuais. Acabam por ser vítimas, primeiro, e continuadores, depois, da repressão social em relação à homossexualidade. Apesar de tudo, considero que um homossexual reprimido, que tem de se voltar contra si mesmo para aliviar a repressão, acaba por sofrer mais que um assumido que sofre a repressão directamente por terceiros. Por isso, e para não bater mais em quem já sofre tanto, considero ser de bom tom respeitar e tolerar a homofobia.

domingo, novembro 20, 2005

Sentimento anti-concorrencial

Quanto mais gays, melhor.

Escondam-se, vem aí o CAA.



sexta-feira, novembro 18, 2005

Ahhh?!

No Sócio Gerente
Fomos visitados ontem por um comercial da PT. Parece que o monopólio ESTATAL decidiu que tem que ser mais agressivo nas suas propostas aos clientes. Pergunta-se: Porquê só agora? Já lá vamos.Em conversa com o agente da PT, disse-lhe que já era mais que tempo de acabarem com a assinatura. A resposta fulminou-me. Disse que não é previsível que isso venha a acontecer porque caso o fizessem, a empresa teria que despedir muita gente. Ou seja, sob pretexto de estarmos a pagar um serviço, a realidade é que estamos a contribuir para um fundo de desemprego dos funcionários da PT enquanto estes fingem que nos prestam o dito serviço.


Desafio o governo, ou a administração da PT, a dar-me o dinheiro das referidas assinaturas que eu tomo a responsabilidade de garantir um emprego a essa tal "muita gente" pondo-os a criar verdadeira riqueza para o país.

Coisas estranhas

Ainda ninguém culpou o Cavaco pela morte do soldado português no Afeganistão.

Brincando com o fogo

O que fariam se:
- Tivessem um horário máximo de 22 horas de trabalho por dia semana?*
- A partir de certa idade, esse horário máximo se reduzisse para 12?
- Tivessem direitos de reforma muito melhores que a esmagadora maioria dos trabalhadores?
- Uma vez conseguido o vínculo laboral, tivessem o direito vitalício ao emprego e a progressões de carreira independentemente da performance?
- Tivessem direito a 2 dias de férias por mês que, supostamente, deveriam ser descontados nas férias de Verão mas que na realidade nunca o são?

O que fariam neste caso?

a) Gozariam silenciosamente as benesses, na esperança que ninguém lhes exigisse que fizessem o mesmo que os colegas de outros países.

b) Fariam uma greve barulhenta, estrategicamente colada a um fim-de-semana, para exigir mais benesses ainda?

*corrigido entretanto, obrigado amigo JLP.

quinta-feira, novembro 17, 2005

Um presente para os leitores

Façam o favor de imprimir e guardar. Quando eu morrer irá valer uma fortuna.

Mais um fim-de-semana prolongado

A bem da educação.

Falemos do passado então

No ano 2000, Mário Soares candidatava-se ao parlamento europeu, perdão, à presidência do parlamento europeu que um senhor como aqueles não poderia aspirar a menos. Portugal votou em peso no ex-presidente. O orgulho nacional era enorme. Portugal preparava-se para ter um presidente do parlamento europeu.
Correu mal. O PPE ganhou as eleições e resolveu que o senhor Mário Soares não merecia ser presidente do parlamento europeu e elegeu a senhora Nicole Fontaine para o cargo. À saída da votação, Mário Soares, com todo o fair-play do mundo, elogiou a senhora. Disse ele: “Essa senhora daria uma excelente dona de casa”. Nada como um bom cavalheiro latino para realçar as qualidades de uma senhora. Deve ter sido através destas demonstrações de gentileza que Soares conseguiu seduzir a bloquista Joana Dias para sua mandatária para a juventude.

quarta-feira, novembro 16, 2005

News do GOOGLE agora em Português.

Tau-Tau recomenda

João Oliveira Santos a preto e branco.

terça-feira, novembro 15, 2005

A palavra mais procurada na internet

包括焦点新闻报

(in) Flexibilidade no mercado de trabalho

De acordo com este relatório do Banco Mundial, Portugal está, em termos de flexibilidade no mercado de trabalho à frente da Espanha, Grécia, Roménia, Congo, Mali, Serra Leoa, Togo, Niger e Burkina Faso. E é só. Num conjunto de 154 países, Portugal é o 145º em termos de flexibilidade laboral.
Ainda no mesmo relatório e no que toca a facilidade de iniciar um novo negócio, Portugal encontra-se no 104º lugar atrás de países como Laos, Uganda, Azerbeijão, Etiópia, Namíbia, Botswana, Malawi, Butão, Ruanda, Bangladesh ou Kiribati. Em termos de garantias de cumprimento de contratos está em 46º logo atrás do Botswana, Azerbeijão e Zâmbia. E as classificações vão por aí fora...
A melhor classificação para Portugal é um honroso 19º lugar na categoria de... facilidade em encerrar empresas...

segunda-feira, novembro 14, 2005

7 razões para votar José Maria Martins

1. Não é um político profissional.
2. É um candidato independente.
3. Não se candidata contra ninguém.
4. Ninguém tem nada a dizer em relação à sua idoneidade.
5. Não é de direita nem de esquerda, antes pelo contrário.
6. É o homem que mais contribuiu para o desvendar do processo Casa Pia, tendo assumido a defesa de Bibi quando ninguém o queria fazer.
7. Defendeu até à absolvição o António Caldeira do Portugal Profundo.

Harmonização fiscal dentro da UE

É engraçado vêr como a mesma organização que promove a concorrência empresarial no seu espaço, inclusivamente impondo pesadas multas aos infractores, procura agora limitar a concorrência entre os seus membros.

domingo, novembro 13, 2005

Eddie Guerrero 1967-2005

Homem do Piano, Parte II

Em Maio de 2002, Andrew Stimpson, de 25 anos, fez o teste ao vírus da imunodeficiência adquirida e acusou positivo. Seis meses depois, sem nunca ter feito qualquer tratamento, tudo indica que está curado. O caso é único.

sexta-feira, novembro 11, 2005

Momentos de hoje da campanha de Cavaco

Momento I
Alegre diz que não votou o orçamento porque o seu voto não iria fazr nenhuma diferença. E, com isso, deu um motivo a todos os seus apoiantes para ficarem em casa nas próximas eleições.
Momento II
Soares respondendo a uma pergunta dos jornalistas espanhois sobre as sondagens negativas: "As encuestas são as encuestas. Há umas buenas, outras más."

O me candidato para 2006

O meu candidato para 2016

O meu candidato para 2026

O meu candidato para 2036

Coisas realmente importantes

Será que Luiz de Camões quando bebia também via em duplicado?


quinta-feira, novembro 10, 2005

Sold


My blog is worth $12,984.42.
How much is your blog worth?

Tenho que revêr os critérios editoriais

Alguém chegou a este blog depois de uma procura por "anuncios de prostitutas em portugal" no Sapo.

Dream Team

José Pacheco Pereira, o Jaquinzinho JCD, Pedro Lomba, Francisco José Viegas, Francisco mendes da Silva, Manuel Pinheiro, Pedro Lomba e Pedro Picoito entre outros. Tal como o candidato que defendem, o Pulo-do-Lobo chegou mais tarde que todos os outros blogs de apoio a candidatos presidenciais mas com uma dinâmica de victória que ninguém lhes parece conseguir tirar. Para já é, sem dúvida, a seguir a O Eleito, a melhor equipa que jamais de formou na Blogosfera.

quarta-feira, novembro 09, 2005

Soluções para a crise francesa (como afastar invasores)

O Sr. Le Pen e outros preparam-se para organizar uma excursão de homens e mulheres, franceses puros há mais de 5 gerações, para urinar junto à fronteira.

terça-feira, novembro 08, 2005

O que ele faz para ser chamado à selecção

Vítor Baía diz que já foi do Benfica

Intifada nos blogs

O que se passa em França não tem causas lineares. Estar a atribuir culpas apenas a falhas de inserção social ou, pior, apenas a uma política de emigração permissiva só demonstra ceguez ideológica seja à esquerda ou à direita. Aliás, nos últimos tempos tenho ficado extremamente desapontado com certos blogs de cariz liberal que trocaram a inteligência nos argumentos, que lhes era usual, pela demagogia rasteira mais típica por outras bandas. Desde o sentimento de revancha sentido em relação ao que aconteceu em Nova Orleães com estes distúrbios em Paris, à execrável xenofobia implícita em alguns argumentos. Salva-se O Acidental desta mediocridade instalada, honra lhe seja feita.

segunda-feira, novembro 07, 2005

Publicidade gratuita

A Mckinsey & Company está a realizar um inquérito online para testar a opinião dos portugueses sobre o estado da nação e as medidas necessárias para o futuro. Quais os problemas do país e como resolvê-los. Mais ou menos estado e que estado.
Para preencher basta clicar aqui.

sábado, novembro 05, 2005

Um pouco de cronologia

1998: A selecção francesa de futebol ganha o Mundial de Futebol pela primeira vez. Na equipa estavam presentes vários jogadores originários de África. Zinedine Zidane, muçulmano originário da Argélia lidera a selecção e é herói nacional. A França está unida na tolerância cultural.

2001: 11 de Septembro

2002:
"Ontem à noite, a França país entrou em estado de choque. A pátria dos direitos humanos escolheu Jean-Marie Le Pen, o velho líder xenófobo, racista, anti-europeu e populista do partido de extrema-direita Frente Nacional (FN), como finalista na segunda volta das presidenciais. " Jornal Publico 22 de Abril

2004: Os actos xenófobos crescem em França:
"Acções racistas e xenófobas aumentam. As acções anti-semitas ou racistas e xenófobas aumentaram nos últimos meses na França, de acordo com números do Ministério do Interior divulgados hoje. Os atentados de 11 de Março em Madrid podem ser uma das causas." TSFOnline, 9 de Julho

É aprovada a lei do lenço.
"LEI DO LENÇO AMEAÇA FRANÇA DA FRATERNIDADE
JP Pelissier/ReutersDefesa da laicidade do estado expulsa signos religiosos das escolas É o princípio do fim da França da liberdade, igualdade e fraternidade(...)

Anunciada como destinada a defender os princípios da sociedade laica, a lei foi sentida, em França e no resto do mundo, como "islamófoba" e, por isso, intolerante e racista."
Correio da Manhã, 14 de Fevereiro

2005: O aumento de actos xenófobos coincide com a rejeição do tratado constitucional europeu, rejeitado em grande parte pelo receio dos franceses em relação ao aumento da imigração.

Violência urbana provocada por gangs juvenis pertencentes a minorias étnicas e religiosas.

sexta-feira, novembro 04, 2005

Expresso da meia-noite na SicNotícias

A observação da Joana Amaral Dias a falar na SicNotícias levanta-me algumas dúvidas profundas:
- 34 ou 36?
- Copa B ou C?

Programação

Sexta feira, 23.51, as alternativas na televisão passam pelos filmes e telenovelas habituais, o Fiel ou Infiel ou assistir a uma discussão política entre a Joana Amaral Dias e o Pacman na SICNotícias. Começo a pensar que o lóbi da indústria da diversão nocturna anda a influenciar a programação televisiva.

Questões de consciência (post confessional)

Deverei eu aproveitar esta onda de visitas extra causadas pelo link no Blasfémias para escrever um post opondo-me às críticas do mesmo blog ao multi-culturalismo?
Será esta a altura indicada para falar dos orgasmos mentais que alguns autores de blogs de direita, que se dizem liberais, tiveram na sequência dos confrontos de Paris?
Ou será melhor deixar passar o fim-de-semana e escrever para os clientes habituais?

quinta-feira, novembro 03, 2005

Oh Isabela, escreve lá um post sobre isto

Não que seja uma grande novidade mas dito assim, em prime time no canal do estado, tem outro efeito. O Dr. Manuel Sobrinho Simões em entrevista a Judite de Sousa revelou que o homem está mais próximo do chimpazé macho do que da mulher. Em termos genéticos, penso eu.

Negócio milionário

Em apenas um dia este blog deu mais lucro do que a CP em toda a sua existência.

P.S.: O meu agradecimento às 3 pessoas que clicaram nos anúncios.

Tragédias da vida real

Rodrigo, cabeleireiro de elite, 25 anos. Extrovertido, não gosta de futebol e está sempre preocupado com a linha. Após viver alguns anos iludido, descobriu recentemente que era heterossexual.

quarta-feira, novembro 02, 2005

Money, money, money

Mais por curiosidade científica do que propriamente vontade de ganhar dinheiro resolvi tornar o blog um pouco mais feio, instalando o programa de publicidade do Google. Será só por algumas semanas, apenas para satisfazer a curiosidade adjectivada em cima. A não ser, claro está, que esta coisa seja de facto rentável.
Entretanto, e mais uma vez apenas para satisfazer a minha curiosidade científica, pedia aos leitores (sim, vocês os três) que clicassem uma vez por outra nos belos anúncios que forem aparecendo. A minha curiosidade científica agradece.

Perguntas às quais não conseguirei responder

Pai, porque é que o céu é azul?
Pai, onde é o fim do arco-íris?
Pai, como era a vida antes do google?

Agora a sério

Desde que surgiu O Eleito, é, na minha opinião, o melhor da blogosfera. Mesmo que temporário, é um projecto muito interessante e merece bem ser visitado por alguém mais além dos seus autores.

terça-feira, novembro 01, 2005

Eu com a mania dos arranjinhos

Infanta Leonor, este é o D. Afonso de Bragança.

D. Afonso de Bragança, esta é a Infanta Leonor de Castela.

Agora deixo-vos a sós.

Todos nós temos maradona na voz

"Por mais que as más línguas o repitam, o Super-Mário não é só um magnífico carrilhão de balelas que, post após post, instruem o país das ideias que povoam aquela interessantíssima pústula da sociedade esquerdista lisboeta. Se descontarmos a misteriosa Mariana Vieira da Silva (única mulher do elenco, autora deste singular post), seria improvável que sempre assim fosse, dada a qualidade intelectual das pessoas que o compõem. O post por que, particularmente, esperava, chegou por um tal de João Pinto e Castro, que encontrarão com facilidade carregando aqui.É que é exactamente aquilo, sem tirar nem pôr, o professor doutor Aníbal Cavaco Silva não diria melhor, acaso falasse. Nada melhor do que estar em acordo no desacordo. O cavaquista é aquela pessoa que vai colocar a cruz no quadrado do candidato que terá mais hipóteses de concorrer para uma situação em que cada um melhor utilize as qualidades que tem para encher o respectivo bolso com mais umas notinhas de 20 euros.Sei que esta é uma preocupação, assim aridamente (mas não erroneamente)descrita, considerada mesquinha por aquelas bandas. Falamos de pessoas que lêem livros, sabem poesias de cór, vão à cinemateca; eles é só história, museus, viagens ao estrangeiro; mudam de casa porque, e passo a citar, "já não têm lugar para pôr os livros"; borbulham neles as últimas teorias de como organizar a sociedade, fumegam ferozes dialéticas entre justiça e igualdade, rabujam pelas péssimas traduções que se fazem em Portugal, vivem dilacerados pela paupérrima escolha de livros em língua estrangeira da Fnac (não se consegue encontrar um Poe), etc, etc, etc.De facto, nós, os cavaquistas, pelo menos este tipo de cavaquista, não achamos que isso seja muito importante, não nos cabe na cabeça comprar uma casa sem lareira no topo da qual coloquemos um relógio ao estilo francês do século XVIII.
Conquistada a liberdade, sem sabermos como nem por quem nem quanto custou, esquecidos e desinteressados de como foram as lutas pela liberdade e pela democracia, só nos interessamos por ter um granda carrão. Aliás, preferimos comer McDonald's todos os dias a não ter aquele carro. "Quanto é que ganhas?" é a única pergunta que nos liga ao próximo, a inveja domina-nos um pouco os dias e se nos levantamos de manhã é para mitigá-la fazendo com que sejam os outros a ter inveja de nós.Sou eu, é o meu mundo, é onde vou votar, é onde mais gosto de viver. Não quero um político com ideias para o país; principalmente, não quero um político com ideias para mim; quero que me "deixem trabalhar", e achar-me sozinho, a mim, e ao meu país."

Digam o que disserem

Não sou um blogger profissional.

ORh positivo

Pró caso de alguém precisar.