Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

quarta-feira, dezembro 21, 2005

Reacções

Um soarista cabisbaixo
Sempre admirei Soares e jamais coloquei a hipótese de votar Cavaco, mas o debate de ontem dissipou todas as minhas ilusões. A prestação do antigo presidente foi de uma deselegância e má-criação indescritíveis. Um nojo. Ainda bem que o consulado português em Londres torna o voto impossível, caso contrario seria obrigado a praticar um acto de auto-mutilação.

João Galamba, no Metablog (que só por preguiça ainda não está nos links)