Licenciosidades

Qualquer bocadinho acrescenta, disse o rato, e mijou no mar.

"Não é da bondade do homem do talho, do cervejeiro ou do padeiro que podemos esperar o nosso jantar, mas da consideração em que eles têm o seu próprio interesse. Apelamos, não para a sua humanidade, mas para o seu egoísmo, e nunca lhes falamos das nossas necessidades, mas das suas vantagens"

Adam Smith (1776), Riqueza das Nações

terça-feira, janeiro 10, 2006

Três pontos

  1. 1. O alarido em torno da demolição da antiga casa de Almeida Garrett parece-me exagerado. A memória de um escritor está nas suas obras e essas sim devem ser respeitadas. Se a casa vai ser demolida para a construção de condomínios de luxo é porque a sociedade atribui maior valor a esses condomínios do que a uma casa-museu do escritor. Se o estado se preocupa tanto com a memória de Almeida Garrett que trate de dotar as escolas e bibliotecas com os seus livros que ficará bem mais barato que manter uma casa-museu às moscas.
  2. 2. Soares é mau candidato. Soares tem um discurso de baixo nível. Soares já demonstrou não conseguir manter a imparcialidade no cargo a que se candidata agora.
    Quem lêr habitualmente este blog saberá que sou insuspeito de ser um defensor de Soares, mas tenho que dizer que discordo de todas as considerações que têm sido feitas em relação à idade do candidato. São imbecis e um insulto a todas as pessoas da mesma idade que continuamos a admirar. Soares é mau candidato por muitos motivos, mas não por esse. Lembro que há outro candidato que, apesar de ter menos 32 anos que Soares, aparenta maiores níveis de senilidade.
  3. 3. Nunca considerei muito credíveis os contadores de visitas e ainda menos no Blogómetro. Contudo, ao reparar que o Tau-Tau iniciou o ano no TOP100 dos blogs nacionais, tenho que dar o braço a torcer e admitir que aquilo é mesmo bom. Há uns dias atrás, o blog atingiu o record de vistas num só dia com mais de 650. Fica aqui o meu agradecimento a todos os que visitam, linkam e, principalmente, aos comentadores que fazem com que tudo isto vá valendo a pena. Espero continuar à vossa altura.